Lançamento do Projeto Bragança Sustentável reúne 150 pessoas

No último dia 15, em Bragança Paulista, teve lugar o lançamento do Projeto Bragança Sustentável, que pretende capacitar 500 agentes socioambientais em 20 comunidades do município.
Uma iniciativa inédita da ONG Terceira Via com o apoio do Fundo Estadual de Recursos Hídricos – FEHIDRO, o “Bragança Sustentável” vai viabilizar a maior iniciativa de educação ambiental não formal realizada na cidade.

O projeto prevê a formação de 20 núcleos de ação em comunidades de Bragança Paulista, para promoção de cursos de formação de agentes socioambientais – consideramos uma comunidade um bairro, ou um grupo com identidade comum, por exemplo, professores, ou produtores rurais. O curso trabalha temas como percepção ambiental, consumo sustentável, recursos hídricos, cidadania e participação política, causas e consequências dos problemas ambientais, negociação de conflitos, dentre outros – são 70 horas de formação compostas por oficinas presenciais , módulos de ensino à distância (EaD) e trabalho de campo.

Os cursos do “Bragança Sustentável” ocorrerão de maio a novembro, são totalmente gratuitos e fornecem certificado. O diferencial deste projeto se encontra no trabalho de campo, que consiste na realização de um diagnóstico dos problemas socioambientais da comunidade e a interlocução com organizações públicas e privadas que possam gerar uma solução total ou parcial para o problema. Em outras palavras, as comunidades tem a oportunidade de perceber um problema comum e se organizarem para negociar uma solução.

Segundo o Professor Joaquim de Oliveira, Secretário Municipal do Meio Ambiente que representou a Prefeitura no evento, o projeto é uma “provocação positiva” ao permitir que a população discuta objetivamente seus próprios problemas e busque no diálogo mediado uma forma madura de interagir com o poder público e outros parceiros. Esta é uma forma de praticar “educação ambiental crítica, que faz bem mais que indicar ao cidadão que é importante fechar a torneira para economizar água” conforme palavras de Malu Palmieri, representante da Coordenadoria de Educação Ambiental da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

O que se pretende é o empoderamento destes cidadãos, fornecendo ferramentas de trabalho em grupo, preparação técnica e comportamental para lidar com as questões socioambientais presentes em nosso dia a dia, como a coleta de lixo, a falta d´água, a enchente, poluição sonora, dentre outros; o que se espera é que cada comunidade mobilize um grupo que acompanhe os resultados e compromissos firmados. A divulgação das ações será feita através de mídia local, site e redes sociais, garantindo a visibilidade das realizações.

Conforme Gianmarco Bisaglia – diretor da ONG Terceira Via – todas as ações se integram à rede de militância socioambiental Coletivo Mantiqueira, atuante  desde 2007 na região. Para ele, “este projeto atende a estratégia de capilaridade intermunicipal de formação de agentes socioambientais na região e será implantado em Piracaia, Joanópolis e Mariporã ainda em 2012”.

A ONG Terceira Via é uma das mais atuantes na região – com sede em Joanópolis, atualmente empreende dez projetos nas áreas de educação ambiental, agroecologia e pagamento por serviços ambientais. A parceria local para execução do projeto envolve a Sala Verde Pindorama, o Coletivo Socioambiental de Bragança Paulista, a ONG Bragança Mais e a Secretaria do Meio Ambiente – Centro de Educação Ambiental da Prefeitura de Bragança Paulista.

Para as comunidades interessadas em receber a formação de agentes, é só entrar em contato com Anne ou Marília pelo telefone (11) 4034 6780 ou pelo email bragancasustentavel@terceiravia.org.br
Mais informações em Projeto Bragança Sustentável
Participem!

ASSOCIAÇÃO TERCEIRA VIA
(11) 4529-7776   (11) 995260940
comunicacao@terceiravia.org.br

#bragancasustentavel #mobilizacaosocioambiental #educacaoambiental #terceiravia

PARCEIROS

APOIO

Projeto relacionado

Capacitação de 500 agentes socioambientais em Bragança Paulista

Notícias relacionadas